Home » Seu Lar » Saúde » Alimentos que cães e gatos nunca devem comer

Alimentos que cães e gatos nunca devem comer

A saúde do seu pet depende muito de você, confiram abaixo!

21/05/2019 08h16m. Atualizado em 22/05/2019 13h59m por:

 

Os cuidados com o cãozinho vai além dos banhos, é necessário também se preocupar com a alimentação do bichinho, a ingestão de cebola pode acarretar alterações na saúde deles. Antigamente não havia essa preocupação, mas hoje se sabe que a ingestão a longo prazo de alimentos contendo cebola e alho podem levar a uma anemia profunda, como provocar uma queda grande de hemoglobina, falência dos rins e mesmo morte por envenenamento em longo prazo.

Em um experimento realizado foi observado que a ingestão de 5 gramas de cebola ou alho por cada quilo de peso pode levar o cão ou gato a morte.

Nos dias atuais vemos cada vez mais a interação do animais com seus donos, com isso acabam compartilhando de maneira errônea a mesma alimentação. Sendo que, vários itens de nossa alimentação para gatos e cães podem ser prejudiciais, levando a intoxicação e envenenamento.

caes e gatos cebola e alho

Alimentos tóxicos para cães e gatos

Além da cebola, outros alimentos como: macadâmia, chocolate, xilitol, cebola, alho, uvas frescas ou passas, abacate, leite e bebidas alcoólicas e leite. Ao ingerir esses alimentos pode ocorrer sinais clínicos de uma intoxicação.

Ficar atentos aos sinais que eles podem apresentar como: vômitos, diarreias, tremores, apatia e depressão, além de outras avaliações clínicas, de acordo com o componente tóxico presente no alimento ingerido

Ainda mencionando alimentos que podem causas problemas ao seu pet, temos frutas cítricas que podem causar problemas digestivos neles, por isso devem ser evitadas, como também a batata inglesa rica em solanina, que pode causar depressão no sistema nervoso central e distúrbios gastrointestinais.

Alimentos ricos em gorduras como frituras e alimentos gordurosos que geralmente estão no cardápio humano, como: pizza, queijos, batata frita além de causar um desarranjo intestinal no animal, pode levar à pancreatite, inflamação do pâncreas que pode acabar em morte do animal.

Mesmo sendo medicamento o paracetamol nunca deve ser fornecido aos gatos e cães, ele pode ser fatal para eles, por não possuírem as enzimas necessárias para processá-lo, podendo causar danos nos tecidos. Os sintomas aparecem de imediato e incluem fraqueza, salivação excessiva, vômitos, dificuldade em respirar, urina de cor escura e dor abdominal.

” Lembre-se que todo animal é o amor de alguém ”

* Foto ilustrativa da internet

 
 

 
Comente via Facebook!

Comentários Fechados.