Home » Artesanatos e DIY » Como vender artesanatos na internet e em feiras

Como vender artesanatos na internet e em feiras

Aprenda como montar uma estratégia de vendas para seus produtos artesanais, e com isso tenha uma ótima fonte de renda mensal aí na sua casa.

11/06/2013 17h33m. Atualizado em 11/06/2013 22h43m por:

 

Como vender artesanatos na internet e em feiras

O mercado de artesanatos tem crescido consideravelmente aqui no Brasil, e em muitos países do exterior. E um dos motivos é que a fabricação de peças artesanais, como tapetes e vasos, sempre foi uma ótima forma de renda extra para as famílias, que após alguns anos acabam se dedicando exclusivamente para este ramo de atividade.

Outro fator importante é o tipo de artesanato que é produzido, que pode ter um foco voltado para cultura de um país ou de uma região, e com isso tem um valor cultural muito maior, facilitando assim a venda destes objetos.

Dicas para produzir e vender peças artesanais

Mas antes de começar a produzir artesanato para vender, é importante seguir algumas dicas para definir seu ramo de negócios, quais peças serão fabricadas e como calcular o lucro no final do mês.

E vale ressaltar que você deve elaborar suas ideias e planejar cada etapa de seu novo negócio, para evitar surpresas no final do mês, e para poder aprimorar sua venda conforme a venda de seus produtos artesanais. Por isso separamos estas dicas abaixo para lhe ajudarem a começar sua fabricação e venda de peças artesanais:

Como vender produtos artesanais 2

Vender artesanatos.

Qual produto escolher

O primeiro passo para vender artesanato é decidir qual peça você irá fabricar. Aqui a escolha vai depender do tipo de produto que tem uma boa saída na região onde você mora, e também de sua criatividade na hora de fabricar cada uma das peças artesanais.

Estas peças podem ser feitas com base em modelos já existentes, mas o ideal é que tenham um diferencial, que irá atrair a freguesia, e com isso você poderá ter seu lucro no final do mês. Vale lembrar que um produto diferente e inovador pode conquistar um mercado mais amplo, e até o mercado de exportação, que tem sido uma ótima opção para venda de artesanatos nacionais.

Como vender produtos artesanais 4

Artesanatos.

Como saber se meu produto tem potencial

Aqui a dica é a pesquisa de mercado, que irá levar em conta se o seu produto tem relação com as tendências do mercado, se ele tem um diferencial em comparação aos outros produtos, se é um produto inovador, se na sua região este produto será bem aceito, dentre outras perguntas.

E para elaborar estes dados, você pode consultar familiares, amigos e até lojas em sua região, e aceitar as opiniões como uma forma de crescimento e amadurecimento de sua idéia. Lembre-se que as opiniões diferentes da sua podem lhe ajudar a mudar detalhes em seu produto, e também lhe ajudarão a desenvolver o diferencial no mercado, mas mantenha o foco em seu ideal.

Como vender produtos artesanais 3

Consigo fabricar meus produtos artesanais sozinha

O artesão deve ficar atendo quanto à demanda de pedidos durante o mês, e deve ver se com sua produção dá pra entregar todas as encomendas sem precisar da ajuda de outras pessoas.

Ele pode optar por trabalhar sozinho nos primeiros meses, e projetar o crescimento de seu negócio para o futuro, e com isso ter a ajuda da família ou mesmo de um funcionário para produção das peças, conforme os pedidos forem aumentando, ou conforme a época do ano.

Como vender produtos artesanais 6

Elaboração de preços dos artesanatos

E para saber qual o preço para vender seus artesanatos, você deverá levar em conta o custo com a produção, que envolve os materiais utilizados, e também a quantidade de produtos que podem ser fabricados com o mesmo material. Outras despesas também devem ser calculadas, como o gasto com energia, a despesa de transporte dos produtos, etc. Somados estes valores, você deve estabelecer uma meta de vendas mensais (exemplo: 100 peças por mês), e também qual o lucro que gostaria de ter com a venda destas peças.

Daí é só calcular os gastos, somar com o valor do lucro, e dividir pelo número das peças que irá vender durante o mês. E o resultado é o valor de custo da peça, que também deve ser comparado com os preços aí na sua região.

Lembrando que o preço de seu produto não pode ser muito alto, e nem muito abaixo do mercado, para que você consiga vender cada peça. E o lucro só será alcançado com a venda do número de peças estabelecidas, podendo ser maior ou menor, conforme a venda.

Como vender produtos artesanais 5

Preço do artesanato.

Onde vender meus produtos artesanais

Com tudo elaborado, chegou a hora de vender seus produtos. E para isso você pode utilizar a técnica de venda entre amigos, ou abrir uma barraquinha de artesanatos em sua região, desde que sejam consultadas todas as taxas de licença para que você não fique na ilegalidade.

Outra boa opção é ir nos comércios de sua região e oferecer seus produtos, e para isso você deve levar uma pequena amostra de seu trabalho, e também uma pasta com imagens de outros modelos de produtos que você fabrica.

Você também deve detalhar cada uma das características do produto, como o material que ele foi fabricado, as técnicas que você usou e o prazo para entrega de novos pedidos, para que o dono da loja tenha uma boa projeção de venda para seus produtos.

Como vender produtos artesanais 7

Divulgação do seu negócio

E por último temos a dica da divulgação, que é fundamental para que todos conheçam seu trabalho. E para isso você pode criar uma página na internet, criar cartões de visita com seus contatos e a foto de seus produtos, criar um catálogo de vendas, e ter sempre alguns modelos do produto em um mostruário de vendas.

Se for possível divulgue também seus produtos artesanais em jornais do bairro, entre os amigos e os familiares, para que suas vendas possam crescer ao longo dos meses.

Aprendeu como vender artesanatos na internet e a montar um plano de negócios rentável?

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *