Home » Seu Lar » Saúde » Dia da Esclerodermia Sistêmica em SP: 29 de junho

Dia da Esclerodermia Sistêmica em SP: 29 de junho

Aprovado projeto de lei que oficializa o dia 29 de junho como o Dia de Conscientização da Esclerodermia em todo estado de São Paulo.

27/05/2013 07h33m. Atualizado em 27/05/2013 18h07m por:

 

Dia da Esclerodermia Sistêmica em SP: 29 de junho

Esclerodermia é uma doença rara, autoimune, que na sua forma menos grave afeta a pele a deixando mais dura, (significa pele dura). E entre os órgãos internos, ela afeta em sua forma mais grave os rins, pulmões coração e o esôfago. A circulação sanguínea também é muito afetada.

Ela é uma doença autoimune, e ainda não existe causa para que a patologia apareça, ela não é transmissível e não há provas que familiares venham a serem portadores. E por isso a esclerodermia é uma doença onde o próprio sistema imunológico ataca a si mesmo.

Sintomas da Esclerodermia

A esclerodermia é mais comum em mulheres e bem raro nos homens, e cada portador tem um comprometimento e tratamento individual, pois nem sempre temos os mesmos sintomas, uns tem mais outro de menos.

E alguns dos sintomas da esclerodermia são:

• Cansaço ou fadiga ao executar simples tarefas como, varrer a casa, caminhadas, subir e descer escadas;
• Pele ressecada ou dura;
• Dores nas articulações ou juntas;
• Lábios afinados;
• A pele do rosto perde as marcas de expressão;
• Cianoses;
• Úlceras;
• Perda das forças musculares em braços e pernas entre outras, dependendo de cada portador.

Dia da Esclerodermia Sistêmica em SP: 29 de junho 2

Dia da Esclerodermia Sistêmica.

Embora a maioria dos pacientes portadores de esclerodermia desenvolva os sintomas lentamente, em alguns casos a doença acaba sendo bem mais rápida nos primeiros anos e continuam se agravando.

E o sintoma mais complicado que acaba surgindo é a Fibrose Pulmonar, que acaba sendo causada por cicatrizes no pulmão.

Qual médico procurar?

Como se percebe a doença pode causar o comprometimento de vários órgãos, e isso faz com que procuremos muitas especialidades, principalmente por causa da dificuldade de diagnóstico precoce. E o especialista mais certo para fazer esse diagnóstico de forma correta é o reumatologista, mas o acompanhamento com nefrologista, cardiologista, gastroenterologista, angiologista ou vascular, dentistas, pneumologista, oftalmologista entre outros é muito importante.

Sem esquecer principalmente, de um psicólogo, pois é muito difícil para o portador o momento em que descobre o que é a esclerodermia, muitos ainda tem dificuldades de aceitação da doença e às vezes até do tratamento, que por muitas vezes são feitos com medicamentos quimioterápicos diferentes e que causam reações adversas, e que são indicados diferentemente para cada paciente.

Dia da Esclerodermia Sistêmica em SP: 29 de junho 4

Esclerodermia Sistêmica.

O dia da conscientização

O Dia Internacional de Conscientização da Esclerodermia Sistêmica é 29 de junho, uma data que mobiliza pacientes em várias partes do mundo, para debater sobre a importância de conhecer e difundir os conhecimentos sobre a doença.

E neste ano, graças ao pedido da mãe Ana Veríssimo junto à deputada Vanessa Damo, do PMDB – SP, o Governador Geraldo Alckmin instituiu o Dia Estadual de Conscientização da Esclerodermia em todo estado. O projeto de lei de nº 455/12 foi elaborado pela deputada após conversar com Ana Veríssimo, que é mãe da paciente Ana Paula, que é portadora da doença. Com isso serão realizadas diversas palestras para conscientização e divulgação da doença em todo estado.

Esclerodermia 3

E uma das palestras será realizada no auditório Paulo Kobayashi, na Assembleia Legislativa de São Paulo, que tem capacidade para 200 pessoas.

O evento terá início às 9h e vai até às 14h. Entre os palestrantes estarão profissionais da saúde como, pneumologista, dentista, reumatologista, entre outros.

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *