Home » Seu Lar » Saúde » 2 doenças do aparelho circulatório: AVC e Hipertensão

2 doenças do aparelho circulatório: AVC e Hipertensão

Doenças cardiovasculares são moléstias que afetam o aparelho circulatório, forma- do pelo coração e pelos vasos sanguíneos. As duas principais doenças do nosso aparelho circulatório é o AVC e Hipertensão.

15/03/2011 00h01m. Atualizado em 03/03/2015 16h09m por:

 

Doenças cardiovasculares são moléstias que afetam o aparelho circulatório, forma- do pelo coração e pelos vasos sanguíneos. As doenças do Aparelho Circulatório são dos tipos: coronarianas (atinge as artérias do coração), vascular cerebrais (acomete os vasos do cérebro) ou periféricas (quando afetam os membros do corpo humano). Essas moléstias constituem o maior risco para a saúde de adultos e respondem por quase um terço das mortes ocorridas a cada ano.

Juntas, são a principal causa de morte nos países desenvolvidos. A OMS calcula que 17,1 milhões de pessoas tenham morrido por causa de alguma doença cardiovascular em 2004 e estima que em 2030 esse número suba para 23,6 milhões. Oitenta e dois por cento das mortes causadas por doenças cardiovasculares ocorrem em países pobres e em desenvolvimento.

1-avc hipertensao

Os problemas cardiovasculares podem ter origem em algum defeito congênito, mas, na maioria das vezes, são adquiridos. Deficiências de nutrição, maus hábitos alimentares, sedentarismo, tabagismo e obesidade são fatores que contribuem para a elevação do nível de colesterol no sangue, o estreitamento dos vasos sanguíneos por placas de gordura (arteriosclerose) e o aumento da pressão arterial (hipertensão).

Doenças Circulatórias Causas

A seguir as duas principais doenças circulatórias:

1. Principais causas do AVC

Tradicionalmente, acometem a população de países ricos, mas, segundo a OMS, esse quadro vem se invertendo, com diminuição nas nações mais desenvolvidas e aumento nos países em desenvolvimento Acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame, também conhecido como acidente vascular encefálico (AVE), ocorre quando uma região do cérebro deixa de ser irrigada e de receber oxigênio (AVC isquêmico ou AVCI) ou quando é inundada de sangue (AVC hemorrágico ou AVCH). Os AVCs podem ser causados por defeitos congênitos ou por problemas adquiridos.

As principais causas do AVC isquêmico são a arterias Cleros e e a trombose, que é a obstrução de um vaso por um coágulo. OS AVCs hemorrágicos resultam da ruptura de vasos. Entre os diversos fatores que podem proporcionar o aparecimento de um AVC, o principal é a hipertensão arterial. O diabetes e as doenças reumáticas (“reumatismo”) também são fatores de risco.

2. Hipertensão

A elevação da pressão arterial, também conhecida como pressão alta, surge em razão da arteriosclerose, da obesidade, do excesso de água ou de sal no organismo. O aumento da pressão dentro dos vasos sobrecarrega o coração, os rins e outros órgãos. Infarto do miocárdio é a morte das células musculares (miocárdio) de uma região do coração, provocada pelo entupimento das artérias coronárias, que levam o sangue com oxigênio e nutrientes para essas células.

Vídeo Aparelho Circulatório

Essa obstrução (causada pelo acúmulo de gordura nas artérias) diminui a irrigação na região e pode levar à parada cardíaca. Cerca de 80% das vítimas estão acima dos 65 anos. O sintoma típico mais relatado é uma dor aguda ou queimação no peito, que se alastra para o pescoço, o ombro e o braço.

Aprendeu o que é um AVC e Hipertensão? Comente!

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *