Figuras de Linguagem: Resumo e Exemplos

Aprenda em forma de resumo o que é uma figura de linguagem, quais os tipos de figura de linguagem e exemplos de seu uso.

 
 

Figuras de linguagem 1

Toda forma de compor textos deve ser acompanhada de uma regra de linguagem, para que a compreensão do que esta escrito seja possível para todos que forem ler o que esta sendo escrito pelo autor.

E nossa língua portuguesa tem inúmeras regras, como a flexão do tempo verbal, o uso de acentos e pontos em determinadas ocasiões, e também as figuras de linguagem.

O que são figuras de linguagem

As figuras de linguagem são utilizadas quando o autor quer programar um efeito pré-determinado na compreensão do leitor. Elas são algumas formas de expressão, que podem ser incorporadas aos aspectos semânticos, fonológicos e sintáticos das palavras atingidas.

E a figura de linguagem é muito utilizada no dia a dia durante diálogos cotidianos, em canções e até como um recurso literário. Veja alguns exemplos do uso de diversas figuras de linguagem:

Metáfora: O amor é um fogo que arde sem se ver.
Antítese: Que seja infinito enquanto dure.
Ironia: Os alunos são uns santinhos.
Pleonasmo: Vamos todos gritar alto pra ver se ela escuta.
Eufemismo: Ela é desprovida de beleza.
Onomatopeia: Paft, soc, pow, plim (muito usado em gibis como o do Batman).

Figuras de linguagem 3

Figuras de Linguagem

Método de classificação das figuras de linguagem

Confira abaixo como são classificadas as figuras de linguagem, que podem ser divididas em grupos, entre eles:

Figuras de palavras (figuras semânticas) ou figuras de pensamento

• Alegoria;
• Ambiguidade;
• Antífrase;
• Antonomásia ou perífrase;
• Apóstrofe;
• Cacofonia;
• Catacrese;
• Comparação por símile;
• Comparação simples;
• Disfemismo;
• Eufemismo;
• Enumeração;
• Gradação;
• Hipálage;
• Hipérbato;
• Hipérbole;
• Ironia;
• Litotes;
• Metáfora;
• Metalepse;
• Metonímia (ou sinédoque);
• Onomatopeia;
• Oximoro;
• Paradoxo;
• Personificação (ou prosopopeia);
• Sinestesia.

Figuras de construção (figuras sintáticas)

• Aliteração;
• Anacoluto;
• Anadiplose;
• Anáfora;
• Assíndeto;
• Assonância;
• Circunlóquio;
• Clímax;
• Diácope;
• Elipse;
• Epizêuxis;
• Inversão ou hipérbato;
• Pleonasmo;
• Polissíndeto;
• Sínquise;
• Silepse;
• Zeugma;
• Zoomorfização (ou animalização).

E cada uma destas tem um uso específico para cada situação. Confira abaixo um divertidíssimo vídeo que mostra uma das figuras de linguagem mais comuns do dia a dia, o Pleonasmo:

 

 
Comente via Facebook!

Um comentário em Figuras de Linguagem: Resumo e Exemplos

  1. anonimo disse:

    gostei muito legal me ajudou em um trabalho de escola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>