Home » Educação » O Braille não deve ser descontinuado

O Braille não deve ser descontinuado

O aprendizado vai além de ouvir, é preciso contato direto com a escrita e leitura.

17/05/2019 08h15m. Atualizado em 17/05/2019 13h46m por:

 

A tecnologia em braille facilitou muito o acesso dos deficientes visuais a era digital. No dia a dia eles enfrentam algumas limitações, tais como dificuldade de locomoção, falta de adequação das bibliotecas públicas, além do forte preconceito ainda existente, mas aos poucos os deficientes vêm alcançando o respeito da sociedade.

Braille

Com esse movimento de inclusão, os livros estão vindos em audiovisuais, softwares que fazem a leitura das mensagens e textos, lupas ultra potentes, entre outras possibilidades que vem sendo aprimorada para facilitar o acesso aos computadores desse público especial. O que não pode ocorrer é se distanciar do braille, ele quem faz com que o deficiente vire um estudante ativo, com a possibilidade de escrita e alfabetização na prática do contato direto.

braille informa

Vantagens do uso do braile

Com o método Braille, o deficiente visual além de raciocinar melhor desenvolve a mente através da leitura ativa e escrita, comparada as novas tecnologias que às informações são repassadas pelos computadores.

O braille não deve ser descontinuado, por ser um acessório que facilita a comunicação dos cegos em contato direto com as letras e leituras, por mais que a tecnologia inove, principalmente pelo surgimento dos softwares que fazem a leitura , neste o método é apenas audível. No Braille com o tato eles podem ter contato com as letra e não apenas ouvir.

 
 

 
Comente via Facebook!

Comentários Fechados.