Home » Seu Lar » Saúde » Pode usar Dois Tipos de Anestésicos na Operação? Por quê?

Pode usar Dois Tipos de Anestésicos na Operação? Por quê?

Aprenda qual a função de usar dois tipos de anestesias na mesma operação e se isto pode.

24/08/2012 10h10m. Atualizado em 23/08/2012 20h54m por:

 

dois tipos de anestesicosEntenda o porque pode-se usar dois tipos de anestésicos na mesma operação! A idéia de se associarem duas anestesias vem desde o começo deste século, quando foi proposta a associação das anestesias geral e de condução tperidural), para abolir não apenas a consciência, no caso da geral, mas sobretudo bloquear completamente os impulsos nervosos vindos da região traumatizada (operada).

Através do sistema nervoso central, a anestesia geral apenas atenua os impulsos periféricos. A ausência de sensibilidade não quer dizer que são bloqueados todos os reflexos locais que podem ser desencadeados durante a estimulação. Esses estímulos vão chegando ao sistema nervoso central e, apesar de não serem interpretados como estímulos dolorosos, tais reflexos continuam existindo. Em função da estimulação cirúrgica pode acontecer, por exemplo, o aumento da freqüência cardíaca ou a hiperatividade de uma série de hormônios.

dois tipo de anestesico

Dois Anestésico ao Mesmo Tempo

A capacidade das anestesia peridural e raqui de abolirem esses reflexos é bem maior que a da anestesia geral. E a associação das duas anestesias acaba permitindo um equilíbrio maior das diversas funções orgânicas. Outra vantagem da associação é que, terminada a operação, o anestésico local injetado na peridural continua agindo, atenuando a dor nas primeiras horas de pós-operatório.

Gostou deste artigo sobre anestésicos?!

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *