Símbolos páscoa

A páscoa é uma das principais festas cristãs, onde é celebrada a ressurreição de Jesus Cristo 3 dias após sua morte na cruz. Esta ressurreição vem celebrar a nova aliança que Deus faz com seu povo, e simboliza a passagem da morte para vida, representa o bem superando o mal, e representa a esperança e o amor renascendo no coração dos irmãos.

A data também relembra a festa judaica, que celebra a liberdade do povo judeu que era dominado pelo faraó do Egito. E esta passagem ainda hoje é celebrada pelos judeus com um jantar realizado entre a família por um período de oito dias, juntamente com leituras das escrituras nas sinagogas.

Alguns dos principais símbolos da páscoa:

E a páscoa também trás diversos símbolos, que representam a comemoração e a festividade pelos povos ao longo dos anos.

Simbolo Cordeiro na Páscoa

Ele representa a aliança feita por Deus com seu povo para libertação da escravidão do Egito. Com isso o povo pode celebrar sua liberdade através do sacrifício do cordeiro.

O cordeiro também é lembrado como o sacrifício de Jesus na cruz, representando Ele mesmo o cordeiro imolado para remissão de nossos pecados. E através de sua morte Ele nos trás o perdão de nossos pecados e representa a reconciliação do povo com Deus.

Símbolos da Páscoa e seus significados1

Cordeira de Páscoa

Círio Pascal

O círio pascal é uma vela especial que é acesa no sábado de aleluia, e representa Cristo, a luz do mundo, aquele que venceu a morte e veio nos trazer sua luz da salvação.

Na vela estão gravadas as letras presentes no alfabeto grego, o Alfa e o Ômega, que significam Deus, o principio e o fim. Também são colocados no círio os algarismos correspondentes ao ano.

Símbolos da Páscoa e seus significados8

Círio Pascal

Simbolo do Pão e vinho

O pão e vinho eram alimentos muito comuns da antiguidade, e quando Jesus comemora sua ultima ceia com seus apóstolos, vem firmar sua aliança com todos, se fazendo sempre presente no meio de nós.

A ceia da páscoa é a ceia eucarística, que representa o Corpo e o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, e nos faz lembrar de seu amor, de sua paz, de suas palavras de sabedoria e carinho para com todos. E é alimento do espírito para que sempre lembremos que Jesus Cristo esta sempre presente no meio de nós.

Colomba pascal

É um bolo feito em formato de uma pomba, e simboliza a vinda do Espírito Santo de Deus sobre nós, representando a paz.

Símbolos da Páscoa e seus significados7

Colomba Pascal

Sino: é usado para celebrar com alegria a ressurreição de Jesus Cristo no domingo de páscoa.

Símbolos da Páscoa e seus significados6

Sino

Quaresma na Páscoa:

São os 40 dias que antecedem a páscoa. Estes dias representam para o povo judeu a época de sua libertação do Egito, e servem para que reflitamos e nos preparamos para o dia da celebração da páscoa.

Símbolos da Páscoa e seus significados5

Quaresma de Páscoa

Óleo Santo:

Representam a força do Espírito Santo sobre nós e são usados para nos dar nova força e energia para seguirmos no caminho de Jesus Cristo.

Símbolos da Páscoa e seus significados4

Óleo Santo

Coelho: ele representa a fertilidade, representa a Igreja, com o poder vindo por obra de Jesus Cristo para divulgar a palavra de Deus a todos os povos, e fazer esta palavra se tornar Viva e Fecunda no coração de todos.

Símbolos da Páscoa e seus significados3

Coelho

Ovos de páscoa o simbolo mais conhecido

Este é sem dúvida o que as crianças mais esperam na época da páscoa, devido aos ovos de páscoa. O ovo era distribuído na antiguidade pelos povos pagãos como sinal de boa sorte. Já na China eles eram dados aos amigos como sinal de renovação da vida.

E os cristãos primitivos foram os que primeiro davam de presente o ovo para simbolizar o renascimento para uma nova vida. A arte da pintura dos ovos com cores festivas que representavam a páscoa foi introduzida pelos cristãos no século XVIII. Nesta época eram dados ovos bentos aos fiéis.

Símbolos da Páscoa e seus significados2

Ovos de Páscoa

E acredita-se que os ovos comuns foram trocados por ovos de chocolate por causa da restrição em se alimentar de carne no período da quaresma por alguns cristãos.