Filmes Online > Educação > Usina Belo Monte: A Hidrelétrica do Xingu

Usina Belo Monte: A Hidrelétrica do Xingu

A Usina Belo Monte pode ser a maior usina Hidroelétrica do Brasil. Confira um pouco da história do rio Xingu e o projeto da Usina Belo Monte.

18/05/2011 23h20m. Atualizado em 11/05/2013 14h28m

 
 

Usina Belo Monte 2Em um trecho de 100 km do Rio Xingu, no estado do Pará, está prevista a construção da usina de Belo Monte, que terá uma potência de 11.233 MW e será a maior usina hidrelétrica inteiramente brasileira, já que a Usina Hidroelétrica de Itaipu está localizada na fronteira com Brasil e Paraguai. Apenas atrás da Usina Três Gargantas (China), Itaipu, a Usina de Belo Monte, será a terceira maior hidrelétrica do mundo, com custo estimado em R$ 19 bilhões com capacidade de abastecimento de uma região de 26 milhões de habitantes, similar a um perfil de consumo como a Região Metropolitana de São Paulo.

Com um total de 516 km2, apresenta um novo modelo de alagamento, considerado pequeno para a potência a ser gerada, correspondente a um comprimento de 100 km, terá um trecho de vazão reduzida e denominada pelo Relatório de Impacto Ambiental como um trecho com nivel mínimo de água, sendo variável ao longo do ano, e corresponde às cheias anuais do rio, segundo relato do EIA (Estudo de Impacto ambiental), para assegurar a navegabilidade do rio e manter as condições satisfatórias para a vida aquática.

Única hidrelétrica do Xingu

Será a única hidrelétrica do Rio Xingu. Conforme declarações do site governamental Agência Brasil. Localizada a 40 km abaixo da cidade de Altamira, a construção da barragem principal será desviada por canais de derivação que formaram um reservatório dos canais inundando as terras do município de Vitória do Xingu, Brasil Novo e Altamira.

Existe opiniões conflitantes diante da construção da usina pois comentasse que há graves problemas e lacunas na sua formação.

Impactos Ambientais da Usina Belo Monte

Ambientalistas e acadêmicos, defendem qua a usina provocará a alteração do regime de escoamento do rio, afetando a fauna e a flora e introduzindo diversos impactos ambientais demonstrados por estudos com 230 páginas confirmando que a usina não é viável do ponto de vista social e ambiental. Outro fator levantado, é o fato de que a obra irá inundar os igarapes com a vazão a jusante do barramento do rio e será reduzido o transporte fluvial ou até mesmo, poderá ser interrompido em muitos trechos. Esse meio de transporte entre comunidades ribeirinhas e indígenas, é o único existente e disponível para essas pessoas, que procuram médicos, dentistas e fazem seus negócios vendendo os pexes e castanhas coletados.

Usina Belo Monte 1

Usina Belo Monte.

Geração de Energia

A geração da usina poderá ser abaixo em mil MW, colocando em cheque a viabilidade econômica do projeto. Alto investimeto para não ser aproveitado em sua totalidade.

O desmatamento de 239 hectares, sendo 65,6 hectares localizados em APP (Área de Preservação Permanente), foi anterior a autorização de supressão de vegetação que o Ibama concedeu em janeiro de 2011. O orgão define que o consórcio da usina de monte Belo deverá recompor a quantidade desmatada na área de APP bem como condicionou que o processo de desmate não seja feito descarte em aterros, mananciais hídricos e nem utilizado fogo nesse processo.

 

 
Comente via Facebook!

Um comentário em Usina Belo Monte: A Hidrelétrica do Xingu

  1. Natanael disse:

    gostei muito da materia e gostaria que iniciassem aobra o mais rapido possivel pois o pais precisa de avanço e tecnologia ,e tembem a nessecidade de mais energia ,ou seja sera um mau nessesario fico muito grato por esta oportunidade de fazer esta comentario.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>