Home » Decoração » Casas e Apartamentos » 7 princípios importantes do design de interior

7 princípios importantes do design de interior

Saibam quais são os 7 princípios mais importantes na área de design de interiores, e com isso torne-se um profissional mais capacitado nesta área.

26/05/2015 18h33m. Atualizado em 12/09/2016 10h13m por:

 

Antigamente, quando era preciso modificar todo um ambiente residencial ou comercial, de modo a deixá-lo mais moderno e interligado com as tendências mais atuais, um decorador era contratado para fazer todo o serviço.

Com o passar dos anos, esta profissão ganhou um novo status no mercado, e este profissional agora é conhecido como um designer de interiores, que continua a desempenhar sua função, de uma forma mais ampla e bem atual.

Designer de interior e seu campo de atuação

O campo de atuação de um designer de interiores é chamado de design de interior, um processo que visa planejar, conceber e realizar projetos dentro de diversos espaços, que podem ser comerciais, residenciais, públicos ou privados, com base na estética, conforto e também funcionalidade.

1-7 princípios importantes do design de interior

O design de interior é um processo que visa planejar, conceber e realizar projetos dentro de diversos espaços.

E aqui vale ressaltar que o design de interior é diferente da decoração de interior, pois na área de design de interior a decoração é incluída no processo, além de outras etapas, como criatividade, interação com as diversas etapas da obra (alvenaria, carpintaria, revestimentos, elétrica, etc.), amplo conhecimento das principais tendências da atualidade, conhecimento de cores, móveis, objetos de decoração, e muito mais.

7 princípios que o designer de interiores deve conhecer

Por isso, para garantir uma boa atuação nesta área o designer de interiores deve conhecer os 7 princípios mais importantes de sua área de atuação, que estão destacados a seguir:

1. União e Harmonia

Nesta etapa é necessário enxergar a casa, ou o ambiente que será modificado, como um todo, observando corredores, cômodos, escadas, etc. Desta forma dá para elaborar um estilo em comum para todo design do imóvel.

2-7 princípios importantes do design de interior

Harmonia no ambiente é importante.

Claro que isto não quer dizer usar a mesma cor ou um mesmo tema por toda casa, mas sim criar um estilo que possa ser integrado em cada cantinho, de maneira harmoniosa e conjunta.

2. Equilíbrio

O equilíbrio é uma maneira de equalizar diversos itens visuais em um ambiente, através da distribuição de seu peso visual por todo local. E isto pode ser feito de três maneiras:

1. Equilíbrio simétrico: É marcado pelo uso de objetos repetidos dispostos em uma mesma posição pela casa, como se fossem um espelho. É muito comum em casarões antigos, aonde os quartos tem visual semelhante, com a mesma posição da cama, dos criados ou mesmo de quadros nas paredes;

5-7 princípios importantes do design de interior

Equilíbrio

2. Equilíbrio assimétrico: É caracterizado pelo uso de objetos diferentes, mas que possuem um mesmo peso visual. É um dos mais usados na atualidade, pois gera a sensação de movimento;

3. Equilíbrio radial: É pouco usado atualmente, e caracterizado por um formato baseado em um ponto central, como é o caso das escadas em caracol.

3. Ponto focal

O ponto focal é algo dominante dentro de um ambiente, que vai chamar a atenção logo de cara, ou seja, algo que primeiramente vai chamar a atenção do observador.

Este ponto focal pode ser natural, como uma lareira ou um televisor central em uma sala, mas também pode ser projetado no local, como aquele móvel restaurado ou aquele detalhe da pintura na parede.

4-7 princípios importantes do design de interior

Cores.

E embora ele seja o local de destaque, é importante que ele seja integrado na decoração, de maneira equilibrada, e sem chamar toda atenção para si.

4. Ritmo

O ritmo é baseado em dar continuidade, em gerar uma certa repetição nos ambientes, de maneira continua e recorrente. E para conseguir isso nos temas do projeto são necessários quatro fatores:

• Repetição: É o uso de um mesmo elemento, ou de vários elementos, por mais vezes dentro do espaço, como uma cor, textura, um quadro, etc.;

• Progressão: É o uso de elementos semelhantes em tamanhos diferentes, como uma composição de velas em uma mesinha, ou diversos quadros de tamanhos variados em uma parede. O uso de tons de cores também se aplica na progressão do ritmo;

• Transição: A transição é uma maneira sinuosa e bem discreta de que faz o olho observar a mudança entre uma área e outra, mas de forma muito sutil;

3-7 princípios importantes do design de interior

Ritmo

• Contraste: É o uso de objetos opostos em um mesmo local, como almofadas branca e preta no sofá da sala, ou quadros em formato de quadrado e círculos na sala, gerando assim um visual ousado e mais chamativo.

5. Escala e Proporção

A escala e a proporção definem a integração entre os elementos, e também como eles se integram em um ambiente. Aqui é observado, por exemplo, se um móvel é muito grande para determinado cômodo, ou mesmo se um objeto de decoração não possui uma integração com o conjunto em destaque.

6. Cor

O uso das cores é algo indispensável em cada ambiente, e vai oferecer sensações variadas, que vão desde a sensação de tranquilidade, ideal para quartos e varandas, até as mais alegres, como é o caso da sala de estar.

A aplicação da cor ideal em cada ambiente é tema até de estudos, que definem cores ideais para cada tipo de humor, e devem ser usadas de acordo com o gosto pessoal de cada um, ou mesmo com o que se queira transmitir em cada local.

7. Detalhes

Por último é importante ficar atento aos detalhes, em especial aqueles que passam despercebidos, como uma proteção para batidas das portas, ou mesmo a posição mais cômoda para instalação das tomadas.

E cada detalhe deve ser avaliado com bastante antecedência, pois isso contribui para garantir maior conforto em cada cômodo, e também uma sensação de bem estar muito mais ampla.

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *