Home » Seu Lar » Saúde » Musicoterapia: Conheça o tratamento com música que surgiu em 1944

Musicoterapia: Conheça o tratamento com música que surgiu em 1944

A Musicoterapia é um novo tratamento que está fazendo sucesso em algumas áreas da medicina. Aprenda como funciona!

06/02/2012 23h10m. Atualizado em 17/06/2015 15h26m por:

 

A Musicoterapia é uma forma de tratamento que tem como principal método a utilização da música e todos os aspectos que a compõem, que são o ritmo, a melodia e a harmonia, para ajudar pessoas nas mais diversas áreas, como na comunicação, na mobilidade, no desenvolvimento emocional, na organização, entre outras.

A técnica é dada por um musicoterapeuta e visa à melhora dos pacientes nas áreas físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas.

Musicoterapia1

A musicoterapia pode atender diversos tipos de pacientes.

E ela pode ser utilizada para o tratamento de vários pacientes, entre eles os pacientes com deficiência mental, dificuldade emocional, autistas, gestantes, idosos, pacientes que sofrem de dificuldade motora, entre outros. E estes tratamentos ajudam os pacientes a ter uma qualidade de vida muito melhor

Origem da Musicoterapia

A música sempre foi usada em diversos momentos da humanidade com fins terapêuticos, seja para relaxamento ou mesmo para relembrar emoções. Mas a primeira utilização terapêutica relatada ocorreu logo após a segunda guerra. Nesta época ela passou a ser estudada em pesquisas realizadas nos Estados Unidos, e no ano de 1944 surgia o primeiro curso universitário para ensinar as técnicas de musicoterapia.

Musicoterapia3

A musicoterapia surgiu em época de guerra nos Estados Unidos.

E para se tornar um musicoterapeuta, que é o profissional qualificado para administrar as técnicas de musicoterapia nos pacientes, é necessário realizar um curso de graduação em Musicoterapia, ou mesmo uma especialização, que pode ser realizada por profissionais da área de saúde ou por músicos. Eles aprendem no curso teoria musical, canto, pratica em instrumentos harmônicos (como um violão ou piano), pratica em instrumento melódico (como a flauta), e a prática em algum instrumento de percussão.

Tratamento com Musicoterapia

A Musicoterapia pode ser realizada em um tratamento individual ou com um grupo de pessoas, e pode ser associada a outras técnicas, como as de relaxamento progressivo, Reiki, acupuntura, Yoga, entre outras. E o trabalho do musicoterapeuta com seus pacientes pode ser desenvolvido em conjunto com uma equipe multiprofissional, que envolve médicos, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e educadores.

musicoterapia2

E para o tratamento com música dos pacientes são usados vários métodos de abordagem.
Entre os mais utilizados tem os métodos Receptivos, que são usados em pacientes com uma ampla deficiência motora ou em partes de um tratamento específico, e os musicoterapeutas apenas tocam os instrumentos para eles.

E tem o método Ativo, onde os pacientes tocam os instrumentos, e também cantam, dançam e realizam uma série de atividades com o musicoterapeuta. Claro que o foco no tratamento não é que o paciente saiba tocar algum instrumento, mas sim a participação dele para melhora de seu desenvolvimento, seja na área em que estiver em tratamento.

Musicoterapia2

Existem métodos alternativos para a musicoterapia.

E o tratamento ajuda a pessoa a se soltar mais, e a melhorar tanto física quanto emocionalmente, pois a música tem o dom de despertar sentimentos e emoções, e estas emoções são focadas no tratamento de uma forma que traz muitos benefícios para saúde de todos.

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *