Home » Seu Lar » Saúde » Gripe A h1N1: Orientações do Ministério da Saúde

Gripe A h1N1: Orientações do Ministério da Saúde

Devido ao fácil meio de transmissão da gripe A ou H1N1, o Ministério da Saúde do Brasil lançou uma apostila com orientações.

13/05/2009 20h51m. Atualizado em 03/11/2011 09h27m por:

 

gripe-aA gripe A – H1N1( Suína) que fez 56 vítimas no México e foi disseminada para todo o mundo por viajantes, os pesquisadores nesta segunda, informaram que ela parece ser transmitida com mais facilidade do que a gripe sazonal comum.

O vírus A (H1N1) da gripe suína. Devido a transmissão de pessoa a pessoa, principalmente por meio de tosse, espirro ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas, o Ministério da Saúde recomenda:

Ministério da Saúde Orienta

A ) Ao viajar para às áreas afetadas:

– Enquanto estiver em locais afetados pela gripe suina (vírus A -H1N1), usar mascára descatável, substituindo sempre que necessário; – Usar lenço descartável, cobrindo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar; – Evite locais com muitas pessoas; – Evite o contato direto com pessoas infectadas, o vírus fica no ar quando há tosse ou espirro, e à um metro de distância pode inalar; – Não dividir alimentos, copos, toalhas e objetos pessoal; – Não fique tocando em seus olhos, nariz ou boca; – Lavar as mãos com frequência usando água e sabão; – Em caso de ficar doente, procure o mais rápido possível, de preferência usando uma mascára, assistência médica e informe se houve contato com doentes ou esteve recentemente em áreas afetadas; – Não ingerir medicamentos sem orientação médica.

B ) Viajantes que vieram de áreas afetadas ou suspeitas com a gripe A:

Viajantes precedentes, nos últimos 10 dias, de áreas com casos confirmados de influenza suína em humanos e que apresentem febre alta repentina, superior a 39ºC, acompanhada de tosse e/ou dores de cabeça, musculares e nas articulações, devem:

• Procurar uma unidade mais próxima de saúde, usando uma mascára, para caso esteja com a gripe não passe para outras pessoas que se encontram no local de atendimento;

• Informar ao médico, o seu roteiro de viagem ou mesmo se esteve em contato com pessoas que recentemente vieram do exterior.

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *