Home » Seu Lar » História do Natal: A Verdadeira Origem

História do Natal: A Verdadeira Origem

O Natal se aproxima, e a época é uma data especial de muita paz e harmonia entre os povos. Com isso separamos neste artigo um pouco da história de como surgiu o Natal pelo mundo.

24/10/2012 01h20m. Atualizado em 22/04/2015 18h40m por:

 

História de Natal 1

A História do Natal e diversas outros histórias e curiosidades do Natal! Uma das festas mais aguardadas em todos os anos é o Natal, por ser a data em que milhares de cristãos em todo mundo celebram o nascimento de Jesus Cristo. A festa, que é comemorada no dia 25 de dezembro, é um dia onde nos reunimos em família em um sentimento de paz e amor entre todos, e também nos preparamos para chegada do ano novo que se aproxima.

No natal também nos lembramos do bom velhinho, que tem uma gargalhada inesquecível, o famoso HO HO HO, uma roupa vermelha e a barba branca, o querido papai Noel.

Com isso vamos conhecer um pouco mais sobre a origem do Natal, e alguns dos símbolos natalinos que estão sempre presentes nesta época do ano.

A origem do Natal cristão

O Natal, que tem origem no latim Natalis (ser posto no mundo), para os cristãos, e principalmente para o povo brasileiro, que é de maioria cristã, é uma data muito importante, pois é o dia em que nos recordamos do nascimento do menino Jesus, e que veio para salvar toda humanidade.

Atualmente ele é comemorado no dia 25 de dezembro em vários países, mas nem sempre o natal foi celebrado nesta data. A data oficial foi estabelecida a partir do século IV, e acredita-se que tenha ligação com o início do inverno romano, que é celebrado neste dia.

História de Natal - ceia

História de Natal

As festas natalinas antigamente começavam no dia 25 de dezembro, e seguiam por doze dias, como uma recordação dos 12 dias em que os 3 reis magos levaram para encontrar-se com o menino Jesus na manjedoura, junto com Maria e José.

E o natal é a festa mais importante do ocidente, pois também representa o ano um de nossa história atual.

Presentes natalinos e presépio

Os 3 reis magos levaram para Jesus um presente cada um, e foi daí que surgiu a origem dos presentes natalinos. E cada um dos presentes entregues tem um significado, que está descrito abaixo:

1. Ouro: representava a realeza de Jesus Cristo;
2. Incenso: representava a fé, onde o incenso é queimado no templo para que as orações cheguem até Deus;
3. Mirra: representa o martírio de Jesus e sua morte e ressurreição, pois ela era usada para embalsamento de quem morria, e também foi usada para embalsamar Jesus.

História de Natal - 3 reis magos

3 Reis Magos

E atualmente é montado nas casas o presépio natalino, que representa o dia do nascimento de Jesus, com a manjedoura, o menino Jesus ao centro, Maria e João ao seu lado, os pastores, os 3 reis magos, a estrela guia e alguns animaizinhos.

Árvore de Natal

O natal também tem outro símbolo bem importante, que é a árvore de Natal. E sua origem é do ano de 1530, onde certo dia na Alemanha, Martinho Lutero caminhava pela floresta à noite, quando ficou maravilhado ao ver os pinheiros cobertos de neve, e as estrelas adornando o céu.

Após esta linda visão, ele decidiu montar em sua casa uma árvore semelhante para seus familiares, com galhos secos para fazer o pinheiro, algodão para representar a neve, alguns enfeites e até velas acesas, para representar as estrelas.

História de Natal - árvore

E após esta data muitos de seus familiares e amigos começaram a montar a mesma árvore, e a tradição foi surgindo. A tradição também viajou para América após o período colonial, através de imigrantes alemães, e com isso surge à árvore de natal.

Atualmente ela representa para os cristãos a paz, alegria e esperança da época natalina. E ela fica montada nas casas, junto com o presépio, até o dia 6 de janeiro, o dia em que os cristãos celebram os 3 reis magos.

O papai Noel e o Natal

Conta à história que a origem do bom velhinho teve início no ano 280 d.C., na Turquia. Na época nasceu Nicolau, que posteriormente se tornou bispo da região, e muitos anos depois se tornou São Nicolau.

O bispo Nicolau era uma boa pessoa, que ajudava os pobres, deixando saquinhos com moedas perto das chaminés das casas. Após muitos anos, conforme milagres foram atribuídos ao bispo, ele foi considerado santo, e com isso sua história foi se espalhando pela Alemanha e pelo mundo e recebe milhares de cartões de Natal.

História de Natal - são Nicolau

Isso fez com que ele se tornasse o papai Noel, um símbolo natalino muito lembrado em vários países. Já sua roupa vermelha só surgiu no ano de 1886, através das mãos do cartunista Thomas Nast.

Até a época, papai Noel era representado com uma roupa de inverno de cor marrom ou verde escura, mas o cartunista criou um modelo para uma revista da época, onde o papai Noel tinha roupa vermelha e branca e cinto preto.

E no ano de 1931, uma campanha publicitária da Coca Cola apresenta ao público o papai Noel com a mesma roupa criada pelo cartunista, pois as cores eram as mesmas do logo da empresa. E este feito lança o papai Noel para o mundo em seu estilo atual, roupa vermelha e branca, cinto e botas pretas, velhinho e de barba branca.

 
 

 
Comente via Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *